Luz

O Projeto de Arrecadação de doações via contas de energia elétrica foi desenvolvido com o objetivo de conseguir arrecadar recursos financeiros que ajudem a suprir as necessidades básicas das comunidades e ramos da Pastoral da Criança, buscando assim sua auto-sustentabilidade.

A metodologia da Campanha consiste em respeitar o trabalho de cada ramo e de cada comunidade da Pastoral da Criança, proporcionando uma oportunidade de arrecadação de recursos proporcionais ao trabalho que é desenvolvido em cada um arina, Alagoas, Pará, Tocantins, Ceará, Rio de Janeiro e São Paulo (região de Guarulhos) - sendo que no estado de São Paulo a arrecadação da campanha iniciou-se em 2005.

A meta desse projeto é expandi-lo, gradualmente, para todos os Estados brasileiros e assim proporcionar aos ramos e comunidades da Pastoral da Criança uma forma de arrecadação contínua e com a aplicação feita diretamente na comunidade, fortalecendo o trabalho desenvolvido nas comunidades acompanhadas e auxiliando na expansão das ações para as comunidades ainda não atendidas.

Como essa campanha tem como objetivo a arrecadação de recursos para suprir as necessidades básicas da comunidade, no acompanhamento de crianças e gestantes, para compor as metas de arrecadação de valores, tomamos como base a média histórica de valor para acompanhar uma criança dentro da Pastoral da Criança, que fica próximo de R$1,00 por mês. É com este valor que passamos a fazer nossos estudos.

Assim, fica estabelecido como meta da Campanha a arrecadação de 3 (três) contribuições por criança acompanhada. Ressaltamos que a metodologia não leva em conta os valores para composição das metas e sim o número de cartões de contribuição.

Como sabemos que quanto menor for o valor a ser pedido maior será o número de contribuições e mais fácil a arrecadação das metas propostas, estabelecemos que o valor mínimo da contribuição será de R$1,00 e máximo de R$2,00. A partir de 2014, foram confeccionados novos valores de R$3,00 R$7,00 R$15,00 ou outro valor de preferência do doador.A ideia é que à medida que os primeiros cartões forem acabando, serão emitidos cartões com os novos valores de acordo com o contrato com a companhia.

A principal vantagem deste tipo de campanha é que o esforço para conseguir o contribuinte é feito uma vez, enquanto os resultados virão todos os meses. Qualquer pessoa só irá contribuir para uma instituição ou causa que ela conheça, que tenha credibilidade e trabalho a ser mostrado.Assim, saber o número de crianças e gestantes acompanhadas na comunidade e informar ao doador é muito importante na mobilização.

Forma de Divisão do Recurso

Dos recursos arrecadados, 80% retorna para a Comunidade/Ramo que conseguiu a doação, 5% é encaminhado para a Coordenação de Setor e 5% para a Coordenação Estadual – responsáveis em dar o suporte necessário para que a campanha aconteça. Os 10% restantes vão para um Fundo de Campanha que reúne valores de todos os Estados e destina-se exclusivamente para a manutenção das campanhas existentes e o financiamento de novas.

Como é feito o processamento das contribuições

  1. Preenchimento dos cartões de contribuição;
  2. Envio dos cartões de contribuição, junto com as FABS, para a Coordenação Nacional;
  3. Digitação dos cartões de contribuição, na Coordenação Nacional;
  4. Envio da informação da Coordenação Nacional da Pastoral da Criança para Cia;
  5. Inclusão da cobrança da contribuição na fatura da Cia;
  6. Pagamento da fatura para a Cia;
  7. Repasse do dinheiro e das informações da Cia para a Coordenação Nacional da Pastoral da Criança;
  8. Envio do dinheiro, dos recibos e dos relatórios de prestação de contas, pela Coordenação Nacional da Pastoral da Criança para os Setores;
  9. Repasse do dinheiro, dos recibos e dos relatórios de prestação de contas do Setor para os Ramos;
  10. Envio para a Coordenação Nacional da Pastoral da Criança, da prestação de contas do recurso referente a arrecadação do Setor e dos recibos dos ramos já assinados.

Companhias

  1. Copel - Paraná
  2. Coelba - Bahia
  3. Escelsa - Espirito Santo
  4. Cemat- Mato Grosso
  5. Celg - Goiás
  6. Celpa - Pará
  7. Bandeirantes - São Paulo
  8. Celesc - Santa Catarina
  9. Celtins - Tocantins
  10. Ceal - Alagoas
  11. Ampla - Rio de Janeiro
  12. Coelce - Ceará
  13. Energisa - São Paulo

Essas Campanhas de Arrecadação são controladas pelo Sistema de Informações da Pastoral da Criança, sistema Campanhas de Luz.

Wiki: Luz (editada pela última vez em 2015-12-08 10:18:29 por claudiag)